Em balanco.

Outubro 28, 2012 at 9:54 pm (Uncategorized)

Ao menos toda aquela historia de nao estar sentindo nada mudou, estou sentindo, estou viva, estou vivendo de forma vazia e nauseantemente cheia ao mesmo tempo, e talvez, devido a tal tragica mudanca e ando reagindo de forma errada, estou sentindo essa crise, essa confusao, mas no balanco, melhorou ao menos tudo esta acontecendo de novo, tem movimento e ate rapido demais.

Tem gente nova na minha historia, e eu nao gosto disso, ja tenho um passado mal terminado com muitas outras coisas e isso ja me bastaria. Estava me acostumando com as antigas impressoes e sentimentos que mesmo claustrofobicos ja tinham virado habito e eu preferiria esses anteriores. Mas nao, isso a gente nao controla, o tempo ando fazendo suas substituicoes. E como sempre, sempre e mais para mim, dentro de mim, do que no mundo real.

E sobre as pessoas, as expectativas, as atitudes nao cometidas, as interpretacoes erradas, esses sao os erros que eu abomino. Mas sobre os sorrisos despercebidos, os olhares de quem nao liga de ser notado e nao quer ser interrompido, os jogos e as acoes diretas e descaradas sem medo e sem intencao de serem calculados, esses erros me fascinam, a esses eu me entrego e finjo estar controlando e saber jogar, mas na verdade eu nao quero mesmo saber, como vai terminar.

Permalink Deixe um comentário

Spare time.

Junho 24, 2012 at 3:35 pm (Uncategorized)

Tenho tido muito, depois que parei de controlar a saudade. Parece que minha vida tem sido incrivel, mas nao agora. Pode ser ontem, um mes atras, um ano atras mas toda vez que eu paro e penso eu me decepciono.

Pra mim nada esta certo, eu ando tendo esses estranhos momentos antes de levantar em que eu penso em voce, mas nao estou dormindo nem acordada. E uma coisa que eu nao controlo, que eu nao quero pensar, mas me agrada; fechando com chave de ouro meu sono ruim e desregulado.

Nao vejo mais filmes romanticos, devo estar desesperancada. Sei que eu sou muito jovem pra toda essa nostalgia, eu queria ser so mais uma por ai cheia de sonhos leves e alcancaveis, vivendo tudo ao maximo sem pensar muito.

Esse e o resumo do que eu tenho feito, entao quando me encontrar e perguntar se estou bem e por alguma novidade, eu vou dizer que estou bem e nao tenho feito muito mas na verdade,  é  isso. Nessas ferias, estou querendo te levar pra algum lugar e te tirar da minha cabeca.

Permalink Deixe um comentário

Que seja bom ou ruim

Junho 16, 2012 at 4:44 pm (Uncategorized)

Chegue, aconteca, apareca,  e quem sabe eu um dia eu poderei esquecer mas nunca me arrepender.

Que me tire o suspiro, o sono, que me tome a  vida, a minha cabeca. Que preencha o vazio.

Que dispare meu coracao, que tire a minha concentracao, que me tire o chao.

Que eu so sinta falta a cada respiracao, que eu so te fotografe em minha mente a cada piscar de olhos.

Que me surpreenda, que seja como sempre foi, como se te conhecesse desde crianca.

Que me tire sorrisos e suspiros.

Que nunca enjoe, que nunca envelheca, que se transforme mas nunca morra.

 

Permalink Deixe um comentário

Que fase.

Junho 8, 2012 at 12:41 am (Uncategorized)

Estou em um momento da minha vida muito instavel. Provo isso ao olhar para tras e ver que era mais centrada, mais certa do que eu ia fazer, mais segura e mais firme com a vida nao tomando decisoes sozinhas por mim e me deixando a merce do destino, que nunca esteve tao incerto quanto hoje, mesmo tendo tudo para dar certo daqui para frente de uma forma como nunca esteve antes. Tambem, ate entao eu era mais nova, nao tinha muita preocupacao. E isso so piora com setenta por cento minha sendo neurotica, quieta demais, agitada demais, maleavel demais; os outros trinta por cento cobrem com um “esta tudo bem pessoas proximas, porque nao estaria?”. 

Minha vida e cheia dessas coisas, eu vou deixando, deixando, deixando ai vem algo e da uma sacudida. As vezes e bom, as vezes e ruim, entao comeca uma nova etapa. Eu nao sei, sinto que esta no finalzinho, angustiante demais por algo novo. 

Quero aprender coisas novas, quero olhar as coisas pra fora e nao me preocupar com o que sinto dentro de mim, quero que o tempo passe logo, que as coisas acontecam logo e que eu olhe para tras e pense: Que fase!

 

 

Permalink Deixe um comentário

Versos de ontem, de hoje, de sempre.

Abril 22, 2012 at 11:29 pm (Uncategorized)

Sempre. Eu nem sei como, desisti de entender.

Eles, apressados, confusos e revirados.

Estou esquecendo as palavras, nunca fui muito boa com elas mesmo

mas ainda os tenho.

Desisti de entender voce neles, nas entrelinhas.

Mas eles ainda estao ali, aqui e la.

Nao ha o que fazer, desisti de lutar contra ou a favor.

Apenas observa-los indo e voltando com a forca de um sussurro

no pe do ouvido.

Permalink Deixe um comentário

Plano

Março 26, 2012 at 2:26 pm (Uncategorized)

Eu nao estou vivendo direito.  Nao estou aproveitando os dias direito, ate mesmo as noites, vivendo sim com essa intencao, mas tudo ficou tao automatico que esta me escapando algumas coisas, talvez quase que ate diante de meus olhos. O tempo esta passando muito rapido, acho que estou envelhencendo muito depressa, fazendo tudo e nada, olhando para tras e sentindo muita saudade e nem pensando no tanto de coisa que esta acontecendo agora e o tanto que vai acontecer mesmo sabendo o quao tudo isso esta sendo unico. Nao ando percebendo os lindos dias ensolarados, nao valorizando eles, nem os dias frios de uma forma que eu nunca tinha visto,  tudo que eu tiver a oportunidade de fazer diferente eu nao irei desperdicar mesmo que seja um dia, um dia com o mesmo clima eu passarei com a cabeca mais vazia so pensando no que esta naturalmente e involuntariamente acontecendo a minha volta. Acordada para isso, aceitando que nem tudo acontece por que a gente quer e que isso pode ser bom, intencoes e as nossas decisoes as vezes nao e a melhor das escolhas.

 

Pelo menos ja sei que nem tudo acontece duas vezes ou que tudo pode acontecer de novo e diferente.

Permalink Deixe um comentário

Simultaneo

Março 12, 2012 at 10:19 pm (Uncategorized)

Eu nao sei se nunca gostei de ninguem, mas eu nunca me apaixonei por apenas um alguem.

Existe uma escala, se voce apostar suas acoes voce pode ganhar algum lucro e passar na frente dos outros. Porque pode ter certeza que voce nao e o unico, mas sempre ha uma chance de se ter um coracao que nunca teve dono mas que nao aguenta mais esse pseudo-abandono gerado por quem nem sabe que fez. A lista oscila, nunca na verdade ouve uma disputa mas eu sei viver das minhas ilusoes.

O tempo passa, a gente passa, a vida te leva longe mas todos os afetos que houveram nao se apagam, podem mudar as posicoes mas tem os seus valores invariaveis.

Sera tao dificil assim? De ver essa tal lista gravada na minha cara, traduzida nas minhas palavras e submergida nas minhas intencoes?

 

Permalink Deixe um comentário

Nao e possivel que vou repetir de ano novamente.

Fevereiro 11, 2012 at 1:06 am (Uncategorized)

Ja pesquisei, observei, discuti, fiz meus comentarios e me passei por esperta, enfim ate cheguei a me esforcar no finalzinho toda aplicada quando vi que tinha perdido todo aquele tempo sem perceber ou dar algum valor no que estava acontecendo ao meu redor. Mas ainda nao sei, sou ainda a aluna insegura da sala que nao toma notas temendo as impressoes dos coleguinhas, que as vezes vai junto com a turma a qualquer porcaria para sempre fazer parte da interacao ou apenas por sentir alguma coisa intensa mesmo que momentanea. Na verdade aprendi, aprendi que nao da para aprender ou as vezes que voce aprende mas voce esquece porque e muito complicado, voce pode calcular e treinar e se sentir totalmente segura para a prova final, mas a professora vida vai la e vai passar prova surpresa e a materia e o amor, justo aquela aula que voce faltou, aquela aula que era a primeira e a base para todas as outras materias. Porque a turma de amiguinhos que te tira dos eixos e te faz matar certas aulas se chama destino, e essa turminha nao esta nem ai com suas notas ou com o seu aprendizado pessoal.

Permalink Deixe um comentário

Antiquario de velhas historias.

Dezembro 2, 2011 at 12:05 am (Uncategorized)

Gente que diz: quando eu te queria voce nao quis, agora que corra atras de mim… Entao, comigo nao tem nada disso, infelizmente. Alem da primeira impressao de universo paralelo, alegre, distante e que vive de contemplacoes momentaneas tambem conhecido como eu, existe sim algo que sempre fica, algo que nunca vai sair dali, por mais que eu queira, por mais que pensem que sim, por mais que pensem que nunca houve, esta ali guardado. Que vai alem de mim, independente de qualquer um mas que me faz uma dependente. Os dias podem voar, os anos, as horas, todos tao rapido que eu nem os coloco mais em ordem sincronizada, nem o tempo e capaz de apagar certas coisas, ainda mais se nunca houveram. Eu queria nao poder me importar, eu queria poder saber mostrar o quanto eu me importo, eu queria sim. Ai vem os outros, rapidos e te cegam te atraem, fogem e te distraem, nunca soube amar apenas um, mas sempre soube classificar e ordenar, tudo ali sem ninguem perceber, o que esta acontecendo e o que poderia acontecer.

Comecei falando o classico discurso dos vingados, e me perdi. Voltando, eu nao sei nao amar, apenas fingir quase tao bem quanto quem nao liga de fato e criar esperancas que adoram tomar toda a minha vida e esquecer apenas as tolices e nao os tolos que as teem.

Permalink Deixe um comentário

Ainda nao teve um fim. Ainda nao tem um titulo. Nem mesmo uma historia.

Novembro 18, 2011 at 12:36 am (Uncategorized)

Mas que desvia minha visao, estremece meus ossos, descompassa meu ritmo, determina minha pulsacao, tudo isso e voce, dentro de mim. Como se nada pudesse controlar, nenhum de nos, como se ninguem pudesse interferir, como se nada houvesse. Permanece. Em um silencio que grita ecoado e inaudivel. Irracional e quase irreal. Contraditorio e destemido sao teus efeitos por quem e proferido, mutua rejeicao vencida. Ja menti, ja desisti, ja senti. Os profundos quase translucidos olhos tomou e derrubou os negros e impenetraveis do oponente que pensava saber todas as taticas. Menos as que ela mesma criou.

Permalink Deixe um comentário

Next page »

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.